Quase 40 alunos participam de intercâmbios de estudo

“Com toda certeza esta será uma experiência memorável com muitos aprendizados. Se trata de conhecer uma nova cultura, um novo local com uma rotina de vida diferente da nossa. É uma oportunidade incrível de crescer no idioma, estando em contato direto e contínuo com a língua”. As expectativas da estudante Diovana Lanzini Deconto simbolizam os sentimentos dos 36 alunos do CEAT que vivenciarão intercâmbios para dois países no mês de janeiro.
Na próxima semana, no dia 03, 21 estudantes embarcam para Chester, na Inglaterra, onde estudarão por cerca de quatro semanas em uma escola regular. A oportunidade permitirá ampliar os conhecimentos em língua inglesa e vivenciar o dia a dia local, conhecendo mais da cultura do país.
No dia 04, duas estudantes viajam para Sheinfeld, na Alemanha, integrando o grupo de cinco alunos selecionados pela Rede Sinodal de Educação para vivenciar a viagem de estudos. “Desde que eu fiquei sabendo dessa oportunidade, já comecei a criar muitas expectativas. Eu espero, nesse tempo que estarei lá, fazer amizades, conhecer muitas pessoas, lugares e culturas novas e, é claro, praticar e aprender muito a língua alemã. Tenho certeza que essa será uma experiência única que levarei para a vida”, conta Gabriela Schmidt.
A terceira viagem partirá no dia 14 de janeiro também com destino à Alemanha. Na cidade de Freiburg, 13 alunos terão a oportunidade de aprofundar seus conhecimentos na língua alemã. Esta vivência é oferecida pelo CEAT há mais de 30 anos.
Os intercâmbios também geram oportunidades aos professores da instituição. Nesta edição, serão três colaboradoras que acompanharão as viagens: Mariana Mallmann,
Anique Fensterseifer e Roseli Kussler.
. A vivência do projeto de internacionalização do CEAT começa desde a entrada do aluno no colégio, com aulas e atividade qualificadas, e engloba as proficiências em língua alemã e inglesa, as oportunidades de intercâmbio e muitas outras vivências com estrangeiros e com ex-alunos que vivem fora do país. A internacionalização está cada vez mais presente no dia a dia da comunidade escolar do CEAT, que já é referência no ensino de idiomas há décadas e a cada ano fortalece o seu posicionamento para que o aprendizado dos estudantes aconteça de forma crescente, coerente e consolidada.

Facebook
Twitter
LinkedIn

Notícias relacionadas

Entre os 18 milhões de alunos brasileiros que participaram da 17º Olimpíada Brasileira de Matemática – Obmep, dois alunos

Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso site. Para mais informações, visite nossa Política de Privacidade.