Projeto Livro da Vida: Há 30 anos incentivando os alunos a conhecerem sua história

A qualidade literária é prezada pelo CEAT tanto nos livros e textos abordados em sala de aula e recomendados aos alunos quanto nas narrativas construídas pelos estudantes. Ao longo da vida escolar, os conhecimentos são ampliados e aprofundados, envolvendo diversos gêneros textuais. Entre eles está a biografia, trabalhada com os alunos da 8ª série.
Depois de estudar o gênero, os estudantes são convidados a escreverem suas autobiografias, que compõem o Projeto Livro da Vida. A proposta, além de exercitar o conteúdo, tem o objetivo de estimular a reflexão e a expressão sobre si, o outro e os processos formativos, com respeito aos processos pessoais de cada um. As produções, atualmente coordenadas pela professora Martiele Jung, buscam pelo entendimento da língua e de seu uso em diferentes contextos de linguagem. O projeto também desenvolve habilidades do letramento digital, incentiva a pesquisa, contribui para a formação de leitores, na aquisição de conhecimento cultural e, principalmente, no incentivo à autoria. Em 2022, os livros foram produzidos pelos alunos de ambas as unidades do CEAT e lançados recentemente.
O projeto Livro da Vida iniciou em 1993, com a professora Roseli Kussler, buscando conciliar os anseios, os sonhos, as capacidades, as dificuldades, as dúvidas e os medos típicos da fase da vida pela qual o adolescente está passando. O convite ao autoconhecimento também envolveu, desde o início, as famílias, que participam contando histórias dos primeiros anos de vida dos alunos, ampliando os momentos de comunicação entre pais e filhos.

Facebook
Twitter
LinkedIn

Notícias relacionadas

“Com toda certeza esta será uma experiência memorável com muitos aprendizados. Se trata de conhecer uma nova cultura, um

Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso site. Para mais informações, visite nossa Política de Privacidade.